Detenta da Cadeia Feminina de Cajazeiras joga água quente em outra que tem 40% do corpo queimado





Informações que por volta das 13:00 horas desta quarta-feira dia 04, o SAMU foi acionado a comparecer na Cadeia Feminina de Cajazeiras para uma ocorrência de pessoa com queimaduras.

Segundo informação uma detenta identificada como Maria Dinda  teria água quente no corpo de outra reeducanda identificada como Francisca Joelma Dias de 38 anos  que teve 40% do corpo queimado.

Joelma foi encaminhada ao HRC, mas devido seu quadro de saúde ela foi transferida para Campina Grande.

A acusada foi encaminhada à delegacia de Cajazeiras onde foi apresentada a delegada plantonista e logo em seguida retornou à cadeia onde deverá ser transferida da unidade prisional.


Maria Dinda responde crime de morte que envolveu um ex-vereador da cidade do Poço José de Moura, o popular Antônio Barbosa Fernandes, “Antônio de Eusébio”, 65 anos na época fato ocorrido na noite de quarta-feira (14) de janeiro do ano 2015.


Maria Dinda é apontada como a mentora do crime, ela revelou na época de sua prisão que teria recebido uma informação dando conta, que a vítima havia sacado R$ 5.000,00 (cinco mil reais) em de São João do Rio do Peixe no dia do crime.
 

Após receber a referida informação, Dinda convidou seu ex-amante, Carlos Parnaíba e o comparsa “Nego Paulo”, para assaltar o ex-vereador, que segundo ela - reagiu o assalto e foi morto.

Dinda afirmou ainda, que conhecia “Antônio de Eusébio”, que teria ido buscar a mesma em sua residência e em seguida foram para o local onde ocorreu o crime, lá os outros dois acusados, Carlos e o “Nego Paulo” já estavam esperando.

A acusada revelou que ao chegar ao local, ela pediu para a vítima, parar o carro, que queria fazer xixi, momento em que se afastou do veiculo e os dois acusados anunciaram o assalto que culminou com a morte da vitima.

Dinda já é conhecida da polícia. A mesma teria participado de um crime de morte com as mesmas práticas de operação, que teve como vítima, o Cabo PM, Domingos. Fato ocorrido na cidade de São João do Rio do Peixe.
Detenta da Cadeia Feminina de Cajazeiras joga água quente em outra que tem 40% do corpo queimado Detenta da Cadeia Feminina de Cajazeiras joga água quente em outra que tem 40% do corpo queimado Reviewed by Ângelo Lima on 05:12:00 Rating: 5

Previsão do Tempo