Na tribuna, Senador Raimundo Lira critica peso da carga tributária no Brasil


Em pronunciamento esta semana, na tribuna do Senado Federal, o senador Raimundo Lira (PMDB-PB) criticou a quantidade de impostos paga pelos brasileiros. Ele explicou que, do ano da promulgação da Constituição - 1988 - até agora, a carga tributária vem sofrendo sucessivos aumentos.


Reportagem da Agência Senado de Notícias mostra que, à época, segundo relatou Raimundo Lira em seu discurso, a carga tributária era equivalente a 25% do Produto Interno Bruto – PIB. Em 2014, a carga tributária já era de 32,42% do PIB e, em 2015, chegou 32,66%.


No entanto, apesar de pagar mais impostos, a sociedade, na avaliação do Senador, não recebe a compensação devida, pelo contrário. Para Raimundo Lira, com o confisco da renda resultado da cobrança de tributos, o brasileiro consome menos e, em consequência, há queda na produção.


Essa tendência, na avaliação do Senador paraibano, condena o Brasil ao eterno subdesenvolvimento.



- O brasileiro não está recebendo a compensação pela redemocratização do país. O Estado democrático brasileiro não está sendo justo com a população brasileira. Nós precisamos entregar novamente este país para a maioria do povo brasileiro, que trabalha, que ama o país e que faz com que o país ande - afirmou.


Assessoria de Imprensa, com Agência Senado

Gabinete do Senador Raimundo Lira – PMDB/PB








 2 anexos

Na tribuna, Senador Raimundo Lira critica peso da carga tributária no Brasil  Na tribuna, Senador Raimundo Lira critica peso da carga tributária no Brasil Reviewed by Ângelo Lima on 06:49:00 Rating: 5

Previsão do Tempo