Confira a Faisqueira do Jornal Gazeta do Alto Piranhas


Estado paralelo  A secretária de saúde de Cajazeiras ao anunciar publicamente que irá atender as demandas dos 14 municípios da Região do Alto Piranhas, não imaginou o tamanho da responsabilidade que assumiu. Resta saber se a secretaria tem estrutura e capacidade operacional para tanto.

Foguetório  Durante os quatro anos da prefeita Denise, em Cajazeiras, ela “aboliu” o foguetório durante as solenidades. Já no novo governo de Cajazeiras foi iniciado no primeiro dia da gestão. Ainda hoje tem cachorro correndo com medo.

Vestiu azul  O novo prefeito de Cajazeiras tem sido visto quase sempre de camisa azul, cor oficial de sua campanha. Na posse dos secretários, alguém sussurrou da platéia: deviam ter comprado um vestido azul para a primeira dama também. Eita povim pra se incomodar com a roupa e o visual da primeira dama.

Susto  O deputado estadual Jeová Campos deu um grande susto aos seus amigos e aliados ao sofrer um infarto no data do seu aniversário natalício, dia 04 de janeiro. Por incrível que pareça teve “gente” que vibrou. O que a política partidária é capaz de fazer surpreende até a mãe do satanás, se é que ele a tenha, mas por outro lado, muitas foram as orações pela sua recuperação. 

Dinheiro sobrando  Já estaria depositado nas contas da prefeitura municipal de Cajazeiras R$1.772.567,84, com perspectivas das próximas cotas do FPM serem melhor ainda, isto sem adicionar o ICMS e o ISS. Como, segundo se comenta, os que estão trabalhando a grande maioria ainda não teriam portaria, no próximo dia 30 de janeiro o valor da folha será muito pequeno. A economia é grande e vai sobrar muito dinheiro.

Meia sola  Vai ser preciso apelar para os serviços do sapateiro Antonio Gobira para por meia sola nos calçados do prefeito de Cajazeiras e de seu secretário de finanças de tanto andarem para as agências do Banco do Brasil e do Santander na tentativa de renovar as senhas para movimentar as contas e o desbloqueio do dinheiro do mês de dezembro, deixado por Denise, para pagar o funcionalismo público do município. 

Sem débito  A ex-prefeita Denise Albuquerque pode bater nos peitos e dizer que ao final dos seus quatro anos de governo deixa a prefeitura sem dever um centavo aos funcionários municipais e que poderia ter pagado a todos dentro do mês trabalhado se não fora o bloqueio efetuado.

Sem débito  Ainda levou a vantagem que foi no seu governo e com recursos de sua administração que os meses de novembro e dezembro de 2008, deixados pelo seu esposo Carlos Antonio, os recursos ficaram disponíveis em uma conta para que o pagamento seja efetuado. No final da sua gestão pagou 15 meses de salário. Este fato dói na alma da oposição.

Oposição forte  O Sindicato dos Funcionários Municipais de Cajazeiras poderá ter uma forte oposição por parte de um bom número de associados. Como poderia está havendo um alinhamento com a nova gestão do município, por parte de alguns dirigentes da entidade, outros associados entendem que a luta pelo pagamento dos meses de 2012, deixados por Carlos Rafael, poderá tomar um rumo não desejado. Vai ter briga pela disputa da diretoria e uma forte oposição.     

Silêncio  Vereadores das oposições, em Cajazeiras, estariam se municiando de uma série de denúncias de irregularidades que estariam sendo praticadas pela atual gestão, que serão divulgadas e cobradas a partir dos primeiros dias de fevereiro.

Sem espaço  Qual a forma  que o poder público municipal de Cajazeiras estaria utilizando para nomear funcionários para as  repartições? Em algumas um birô está servindo ao mesmo tempo para dois servidores. Como a transparência e zelo pelo dinheiro do povo foram as palavras de ordem da campanha estariam faltando estas informações para o povo.
Confira a Faisqueira do Jornal Gazeta do Alto Piranhas Confira a Faisqueira do Jornal Gazeta do Alto Piranhas Reviewed by Ângelo Lima on 06:25:00 Rating: 5

Previsão do Tempo