Mãe de jovem com doença rara pede ajuda para custear cirurgia e alimentos




Aos 30 anos, é comum à maioria das pessoas ter uma vida agitada em meio aos estudos, trabalho e diversão. Mas para Geziano de Souza Braga a realidade é bem diferente. Preso em seu quarto por conta de uma doença genética rara, ele passa o dia deitado na cama sob os cuidados da sua mãe em uma casa no bairro Vila Nova 3, em Cajazeiras.


Geziano tinha uma rotina normal até 2006, quando foi diagnosticado o primeiro tumor de uma doença rara chamada Neurofibromatose. Foi preciso então fazer a primeira cirurgia, e a partir daí começou o sofrimento de toda a sua família. O jovem já precisou fazer oito cirurgias, todas custeadas pela família, que precisou vender a maioria dos seus bens para que o tratamento do filho fosse garantido.

A reportagem da TV Diário do Sertão visitou a casa onde o jovem mora e conversou com a sua mãe, a dona de casa Francisca de Souza Braga, que contou como os sonhos de seu filho foram interrompidos pela doença e revelou que a situação financeira da família hoje é bastante delicada, já que muitas vezes eles deixam de comprar comida para bancar o tratamento do jovem.


Antes da doença, Geziano trabalhava normalmente, porém nos dias atuais vive em total dependência da mãe, que apelou para que o Governo do Estado possa arcar com o tratamento tendo em vista que a família não tem mais condições de custear as cirurgias do jovem, que até o final do ano precisa de outra intervenção para a retirada de tumores.

A Neurofibromatose é uma doença genética rara que provoca o crescimento anormal de tecido nervoso pelo corpo, formando pequenos tumores externos chamados de neurofibromas. O tratamento pode ser feito através da cirurgia para remover os tumores que estão provocando pressão sobre órgãos ou através da radioterapia para reduzir o seu tamanho. Porém, não existe um tratamento que garanta a cura ou que impeça o aparecimento de novos tumores.

Para procurar ajuda, a família tenta arrecadar fundos para a realização de uma nova cirurgia para Geziano. Quem deseja ajudar pode entrar em contato através do número (83) 99141-6721 ou (83) 99104-1132. Qualquer tipo de ajuda financeira pode ser depositada na conta 36.687-0, Agência 0099-X, Banco do Brasil, em nome de Geziano Souza Braga.

DIÁRIO DO SERTÃO