Vigilante acusado de matar menor infrator de Cajazeiras é posto em liberdade. População comemorou soltura




Foi posto em liberdade nesta quarta-feira (26) o vigilante Pedro de Oliveira, 41 anos que matou em legítima defesa o jovem Clavyl Guillyard Matheus dos Santos, 17 anos, que era natural da cidade de Cajazeiras, o crime aconteceu na cidade de Uiraúna, por volta de 1h10min do dia (20) deste mês de outubro na Rua Euclides Fernandes próximo do Açougue Público.


Segundo relatos na madrugada do crime Matheus, ao ver o vigilante, que estava trabalhando foi tomar satisfação onde teria iniciado uma briga. Durante o conflito o menor teria puxado uma faca para o senhor Pedro Vigilante que sacou uma arma efetuando vários tiros que acertaram o peito e as costas de Matheus.

O menor foi socorrido para o Hospital Regional de Cajazeiras vindo a óbito pouco tempo depois. 

Uma guarnição comandada pelo Cabo Fernandes composta pelos soldados Edênio e Barroso efetuaram a prisão do vigilante que alegou ter matado para não morrer. O acusado foi conduzido para delegacia de Cajazeiras sendo posto em liberdade nesta quarta, o que foi comemorado pela população.