Reeducandas e seus filhos ganham dia especial na Cadeia Pública Feminina de Cajazeiras. VÍDEO!




































A Cadeia Pública Feminina de Cajazeiras, através da sua equipe de saúde, realizou nessa terça-feira
 (25) um dia especial para as 63 detentas reeducandas que cumprem pena em regime fechado e semi-aberto no local e para seus filhos.

Em parceria com a Faculdade Santa Maria e com a UFCG – Campus Cajazeiras, a cadeia promoveu lazer para os filhos das detentas, em alusão ao Dia das Crianças, e atendimentos de saúde para as mulheres dentro das ações do Outubro Rosa, mês de conscientização sobre o câncer de ama.
cadeia

Semanalmente as detentas recebem atendimentos preventivos de uma equipe de saúde formada por médico, odontóloga, assistente social, enfermeira e psicóloga, além dos atendimentos emergenciais quando necessário, e todos os anos essa mesma equipe realiza ações especiais em alusão ao Outubro Rosa.

“Esse evento é feito todos os anos, mas esse ano nós pensamos numa forma inovadora de trazer uma recreação, um contato a mais das nossas reeducandas com os filhos, um dia em alusão ao Dia das Crianças e já juntamos com o Outubro Rosa também”, explica a diretora da cadeia, Paloma Correia.
A juíza das Execuções Penais de Cajazeiras, Adriana Lins, também esteve na cadeia e pôde dialogar de forma mais descontraída com as detentas.

“É um momento muito importante porque é de confraternização, uma oportunidade que elas têm de ficarem um tempo a mais com seus filhos, e nesse momento de descontração é mais fácil a conversa, a gente consegue ouvi-las não só em relação às suas penas, mas às necessidades aqui dentro. Então é sempre um momento muito importante para que elas possam ser mais vistas”, ressaltou a magistrada.


DIÁRIO DO SERTÃO