Policiais do 6º BPM de Cajazeiras prendem dupla acusada de realizar vários assalto no Ceará e Paraíba nesta sexta

































Por volta das 18:00 desta sexta-feira (21) policiais militares do 6º BPM de Cajazeiras, foram acionados pela Polícia Militar do estado do Ceará, onde informações davam conta que teria ocorrido vários assaltos na Cidade do Barro, e que os indivíduos teriam invadido uma fazenda no qual renderam o morador onde subtraindo sob forte violência uma arma de fogo e que logo em seguida algumas pessoas foram assaltadas, onde tiveram seus celulares tomados pelos marginais, além de uma mulher que teve sua moto modelo YBR de cor vermelha tomada por assalto.


Informações foram repassados que os indivíduos poderia estar a caminho a cidade de Cajazeiras onde a PM do Ceará estava em perseguição. Pouco tempo depois foram realizados mais um na cidade de Cachoeira dos Índios onde a VTR estaria em perseguição aos elementos com as mesmas características . A Patrulha rural saiu em apoio onde visualizaram os marginais no sítio Boi Morto zona Rural de Cajazeiras, várias guarnições da ROTAM, RP, realizaram o cerco juntamento com a guarnição de Cachoeira dos Índios.


A perseguição só terminou na PB 400  nas proximidades da Agrovila na cidade de , os indivíduos acabaram caindo da motocicleta.

Após serem rendidos foi constatado que se tratava de dois ex-presidiário sendo um deles detido na quinta-feira pelo BOPE com uma moto suspeita de furto e uma adulteração.

Os criminosos foram identificados como Pablo Everton Gomes da Silva de 19 anos que foi socorrido pelo SAMU com ferimentos leves, que relatou ser morador do Conjunto Frei Damião na cidade de Sousa e que confessou a nossa reportagem que adorava audiência de Custódia, pois sempre era posto em liberdade, e o cajazeirense José Antônio Alves de Coura vulgo Totó de 27 anos, no qual foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros com uma fratura exposta na perna esquerda.

Com os indivíduos foram apreendidos e recuperados, várias munições, cordões, anéis e celulares, já as armas teria sido levadas por outro elemento que se embreou no mato.

Após os procedimentos Everton Gomes da Silva de 19 anos natural de Sousa foi encaminhado para delegacia de Cajazeiras. Já Totó está internado no HRC onde passará por uma cirurgia, o terceiro fugiu da ação da PM.