Carlos Antônio diz que pesquisas apontavam vitória extraordinária de Denise e que derrota foi uma surpresa


O ex-prefeito de Cajazeiras Carlos Antônio (DEM) ainda tenta encontrar justificativas para a derrota da sua esposa a prefeita Denise Albuquerque (PSB) que saiu derrotada no último pleito para o deputado José Aldemir (PP), numa das maiores surpresas para os analistas políticos.

Segundo o Doutor Carlos, como é conhecido na cidade, a surpresa foi completa:

“Todas as pesquisas que tínhamos dava uma margem extraordinária para a prefeita Denise e tinha a certeza da nossa vitória”, afirmou, relatando que esse era o sentimento nas ruas nas casas de Cajazeiras.

De acordo com relatos do esposo de Denise, a campanha foi definida nos últimos instantes.

“Acredito que a oposição se organizou melhor na reta final e conseguiu fazer o convencimento”, frisou.

PROMESSA: Antes mesmo de assumir a prefeitura, o recém-eleito José Aldemir (PP), já passou por alguns Ministérios em Brasília na tentativa de conseguir recursos para a cidade de Cajazeiras. Ao lado da esposa, a futura secretária de Saúde, Paula Almeida, o prefeito eleito se reuniu com o deputado federal Aguinaldo Ribeiro e o Ministro da Saúde, Ricardo Barros.

Nesta visita, o Ministro teria garantido a Zé Aldemir, um Centro de Diagnóstico por Imagem (CDI) em Cajazeiras, equipado com um tomógrafo, um mamógrafo, um aparelho de ressonância magnética e Densitometria Óssea. Além da conquista do CDI, Zé Aldemir dialogou com o ministro sobre a possível construção do hospital municipal, na Zona Sul, iniciado pelo ex-prefeito Vituriano de Abreu (PMDB) e a reabertura do Hospital Albert Sabin, fechado na gestão do também ex-prefeito Carlos Antonio.

PB Agora