ABALO SÍSMICO TEVE ORIGEM POSSIVELMENTE EM ORÓS, DIZ TÉCNICO EM SISMOLOGIA




Um abalo sísmico natural foi sentido por moradores de várias cidades da região Centro-Sul do Ceará, inclusive Orós na tarde desta segunda-feira (24).

O representante do Laboratório Sismológico da UFRN (LabSis/UFRN), Departamento de Geofísica (DGEF), Centro de Ciências Exatas e da Terra (CCET), Eduardo Menezes que é técnico em sismologia informou ao site Iguatu.net que o tremor teve origem possivelmente em Orós e foi sentido em um raio de 60 km também em várias cidades da região, Iguatu, Quixelô, Icó e Jaguaribe De acordo com os primeiros dados, o abalo teve magnitude de 2,7 considerada de pequena intensidade.

“Estamos analisando os primeiros dados e através de um sismógrafo que está localizado a mais de 500 quilômetros do local do tremor, aqui no Rio Grande do Norte, o evento aconteceu ás 17h52 minutos e chegou a uma força de 2,7 na escala Richter, é um terremoto de pequena escala, mas com certeza assustou a muitos”, disse o técnico em entrevista ao site Iguatu.net.

Nesta quarta-feira, 26, o técnico em sismologia estará em Iguatu para apanhar novos dados, “precisamos obter novos dados, estarei em Iguatu para apanhar informações de um sismógrafo que está instalado e com certeza, terá dados mais precisos que poderão definir com mais detalhes o nível deste tremor”, destacou, Eduardo Menezes.

Portal Orós – Em Orós todos sentiram um grande estrondo que causou medo, “eu estava em frente à delegacia e toda estrutura de metal começou a tremer e fez um barulho alto fiquei sem saber o que estava acontecendo” disse uma senhora que falou com nossa reportagem.

De acordo com relatos nas redes sociais todos os distritos sentiram o abalo, nas partes mais altas da sede o estronde teve maior intensidade, já no distrito de Guassussê alguns relatos dão conta de telhas quebradas e paredes rachadas em algumas casas.

Uma foto de um grupo do whatsapp que as rachaduras teriam sido causada pelo abalo sísmico.



Portal Orós com informações do Iguatu.net