ViolênciaVigilante é encontrado morto em Sousa com vários tiros, crime pode ser passional, diz a polícia



No início da manhã desta quinta-feira (22), a polícia foi informada que nas proximidades do posto de saúde do Conjunto Frei Damião em Sousa, tinha um corpo com perfuração de balas na cabeça e no braço esquerdo.

Diante das informações, a polícia esteve no local e identificou a vítima, sendo o vigilante Júnior César Liberato da Silva, conhecido também como “Julinho” que tinha 31 anos e residia no Alto da Rodoviária. O corpo do jovem apresentava rigidez cadavérica e a polícia acredita que o homicídio tenha sido praticado durante a madrugada, ou seja, por volta das 2h.

Segundo informações, recentemente a vítima vinha recebendo ameaças de morte de um homem por conta de uma mulher e o crime possivelmente tenha sido passional.

A polícia está investigando o caso com intuito de identificar o autor do crime. Após os procedimentos realizados no local o corpo da vítima será encaminhado ao Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (NUMOL), da cidade de Patos para ser feito o exame cadavérico.

Da Redação Sertão Informado Foto Muido e sertão Informado