São José de Piranhas está à beira de um colapso de água denuncia Jeová Campos

O deputado estadual Jeová Campos (PSB) denunciou hoje (13), da Tribuna da ALPB, que pela primeira vez na história de São José de Piranhas, o município, com 20 mil habitantes, a partir da próxima semana, terá sua estrutura de bombeamento hídrica desligada e ficará sem abastecimento de água. “Isso nos preocupa bastante e nos deixa aflitos, pois a cidade ficará sem água, a vida de seus habitantes virará um caos, eles viverão uma situação trise e vexatória”, disse Jeová que anunciou que iria para uma audiência com a presidência da Cagepa e o secretário de Recursos Hídricos.

            Na Cagepa e na secretaria de Recursos Hídricos, o parlamentar foi buscar uma saída emergencial, além de soluções a curto prazo para minimizar a situação do abastecimento do município. “Fui reivindicar uma adutora de engate rápido, ligando o açude de Boa Vista a São José de Piranhas. Essa é a alternativa que nós temos. Vai ser avaliada a nossa sugestão”, disse Jeová.

            O deputado pediu ainda ao novo presidente da Frente Parlamentar da Água da ALPB, Renato Gadelha, que fizesse um requerimento endereçado ao Ministério da Integração, solicitando a liberação dos recursos para construção de adutoras de engate rápido e para outras ações emergenciais contra a seca na Paraíba.

Ainda segundo Jeová, o secretário executivo de Recursos Hídricos, Deusdete Queiroga, se mostrou sensível a questão colocada e adiantou que medidas urgentes já estão sendo tomadas, a exemplo da instalação de poços já perfurados, não apenas em São José de Piranhas, mas em outros municípios que vivem essa triste realidade da falta de água. “Aproveito o momento para destacar o empenho do governo em resolver essa questão, especialmente, a dedicação de Deusdete na busca de soluções que minimizem o sofrimento de quem sofre com a falta de água em nosso estado”, finalizou Jeová.

Assessoria