Resultado do IDEB – Cajazeiras cai da 7ª para a 13ª posição, na avaliação da educação básica, entre os 15 municípios da região


O Ministério da Educação (MEC) divulgou na quinta-feira (8) os resultados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de 2015 e, no mesmo dia, já que disponibilizado para o público no dia seguinte (sexta), o Jornal Gazeta do Alto Piranhas se apressou em destacar em manchete no alto da sua primeira página que “Cajazeiras recupera e avança na educação básica”, quando, na verdade, o município não tem nada que comemorar, pois caiu da 7ª posição, entre os 15 municípios da região, no resultado obtido em 2013, para a 13ª posição em 2015, ficando a frente apenas de Cachoeira dos Índios e Poço Dantas.

Conforme os resultados apresentados, no Ensino Fundamental anos iniciais (1º ao 5º ano), de responsabilidade do Poder Público Municipal, a cidade de Cajazeiras, que ostenta o título de ter ensinado a Paraíba a ler, saiu de 3.9 – (obtido em 2013), para 4,0- (em 2015), só que os demais municípios da região avançaram de forma significativa neste mesmo período, na avaliação do MEC, que reúne em um só indicador dois conceitos igualmente importantes para a qualidade da educação: fluxo escolar e médias de desempenho nas avaliações.

Para confirmar essa triste realidade, do município de Cajazeiras ter obtido a 13ª colocação, entre os 15 municípios da região por ela polarizada, vejam a média obtida por cada um dos municípios: Carrapateira (5.7), Santa Helena (5.7), São José de Piranhas (5.2), Joca Claudino (4.8), Monte Horebe (4.6), Bom Jesus (4.5), Bonito de Santa Fé (4.4), Bernardino Batista (4.4), Triunfo (4.2), Poço José de Moura (4.2), Uiraúna (4.1), São João do Rio do Peixe (4.0), Cajazeiras (4.0), Cachoeira dos Índios (3.9 e Poço Dantas (3.7).