POLÍCIAIS MILITARES DO 13º BPM RECUPERAM MOTOCICLETA FURTADA E PRENDEM EM FLAGRANTE TRÊS ACUSADOS


Por volta das 10h00 dessa sexta-feira (09), dois indivíduos furtaram uma motocicleta Yamaha YBR pertencente ao senhor Joaquim Valeriano Neto, o veículo encontrava-se estacionado nas proximidades do Fórum local de Itaporanga, quando os suspeitos aproveitaram a pouca movimentação na rua e cometeram o ilícito.

De imediato a vítima informou o delito ao COPOM através do número de emergência - 190, quando foram providenciadas barreiras policiais nos acessos perimetrais de Itaporanga e cidades vizinhas, enquanto que uma guarnição de Rádio Patrulha baseada em informações da população, seguiram na rota dos acusados, os quais chegaram a ser interceptados próximo à cidade de Nova Olinda, pela guarnição do Destacamento local, porém, desobedeceram à ordem de parada e seguiram fugindo por uma estrada vicinal, iniciando-se uma intensa perseguição policial, que naquele momento não foi possível alcança-lo; no entanto, as diligencias continuaram, culminando a principio com a prisão de José Jackson Moreira da Silva, 18 anos, conhecido pela alcunha de “Jacobino”, residente na cidade de Nova Olinda-PB.

Jacobino indicou onde a moto estava escondida, a qual foi recuperada, porem foi constatado que a mesma já estava sem a placa e com a numeração do chassi parcialmente adulterada possivelmente para dificultar a identificação veicular.

A principio Jacobino e a motocicleta foram conduzidos à Delegacia Regional de Itaporanga e apresentado a Autoridade Policial enquanto que as diligencias continuaram e já por volta das 15h30 do dia seguinte (10/09), outros dois indivíduos envolvidos no furto foram localizados e presos, os quais foram identificados como sendo: Lázaro Moreira da Silva, 18 anos e o menor de iniciais WNS, de 16 anos, ambos naturais de Nova Olinda; que também foram apresentados a Autoridade Policial para as providencias legais.

Segundo o Major Guedes, “o apoio da população é de fundamental importância, pois as informações repassadas pelos populares resultam no sucesso da ação policial e no consequente fracasso da criminalidade”.