Denúncia de cirurgia plástica paga pela prefeitura para irmã de Carlos Antonio, ação do MP contra Denise, Xexo a empresários de eventos e supostas 150 mortes por zika, agitaram debate do Diário do Sertão. FOTOS!



















O debate com os candidatos a prefeito de Cajazeiras promovido pelo sistema de comunicação Diário do Sertão nesta quinta-feira, em parceria com a OAB e Net Line foi iniciada pela apresentação dos candidatos gravada em vídeo. Depois teve uma apresentação ao vivo de cada candidato, iniciada pelo candidato Zé Aldemir (PP), seguida por Antonio Gobira (PSOL), e finalizando pela candidata Denise Albuquerque (PSB). A ordem dos candidatos foi através de sorteio. O debate foi transmitido ao vivo e teve a mediação do radialista sousense, Levi Dantas.

Os candidatos falaram sobre o primeiro tema obrigatório, que foi abastecimento de água. A candidata Denise perguntou ao Candidato Gobira sobre ações para o abastecimento, e ele respondeu que vai estar preparado, vai perfurar poços profundos, construir barragens e buscar recursos junto a Petrobras. “Água é o maior bem do mundo”. Denise citou a adutora da Zona Norte, do Governo do Estado, como uma das soluções para a falta de água, disse que perfurou 50 poços, distribuiu caixas de água no Distrito de Divinópolis. Gobira voltou e disse que a candidata nada falou sobre colapso de água. “Eu ando em Boqueirão, agora a senhora nunca foi lá”.

O segundo tema obrigatório foi mobilidade urbana, e Zé Aldemir perguntou a Gobira. Como resposta ele disse ser um desafio. “Vou fazer que o trânsito seja como de Curitiba”, e disparou: “Aqui botam cozinheiro para comandar o trânsito”. Zé Aldemir disse que vai contratar técnicos para implantar uma companhia de transporte municipal.


O terceiro tema foi agricultura, e Gobira peguntou a Denise. “É um desastre. Fez nada. As máquinas do Pac são usadas em benefício próprio”. Denise disse que fez estradas, pagou o programa “Seguro Safra”, realizou abastecimento com carro pipa, construção de cisternas e falou que vai desenvolver mais projetos na Zona Rural. Gobira não se conformou com a resposta de Denise e disse: “Esses poços só se for na propriedade dela, e cadê a máquina perfuratriz que roubaram da garagem”, indagou o candidato.
Perguntas entre candidatos
Gobira perguntou a Denise sobre os mais de R$ 2 milhões, recursos do IPVA, ela disse ser destinado a saúde, ao MDE, ao Fundeb, a Secretaria de Desenvolvimento Humano, a SCtrans e a melhorias de estradas.
Denise perguntou a Zé Aldemir sobre a transparência de governo, ele disse que vai fazer o que a lei manda, respeitando o dinheiro público, “sem desviar um centavo como tem acontecido na atual gestão”. Denise citou verbas do VIAP, disse que a gestão tem portal da transparência e cuida dos recursos com muita responsabilidade. “Vale mais um gesto que mil palavras, essa política de invencionice ninguém mais tolera”, disse Zé Aldemir e revelou que Denise responde por ação de improbidade administrativa, movida pelo Ministério Pública.

Zé Aldemir perguntou a Denise sobre o consórcio de Saúde. Ela disse ser importante e conta com uma empresa para exames de baixa e média complexidade. Zé Aldemir disse que o consórcio está desvirtuado e denunciou uma cirurgia plástica da irmã de Carlos Antonio, sua cunhada. “Só serve para proveito próprio”. Denise disse: “O SUS é universal, mas vamos verificar com o gestor do consórcio”.

Entidades

O Sinfumc perguntou sobre a dívida milionária da prefeitura com o Instituto de Previdência e Assistência Social Municipal, o Piso Nacional e os salários atrasados de 2012. Denise disse que paga ao piso, sobre o IPAM, ela disse que é uma preocupação porque os recursos são pagos. “Não tivemos como cumprir”, adiantando que pagou precatórios e disse que está disposta a pagar os atrasados.
Gobira disse que o IPHAM foi criado para dar xexo no INSS. Já Zé Aldemir disse que o servidor é o mais importante da gestão e vai pagar dentro do mês trabalhado, além de fazer os recolhimentos do IPHAM para garantir a aposentadoria do servidor. “Irresponsabilidade dos gestores e incompetência e fazer tudo o que for possível para resolver o problema”.

CDL

A CDL perguntou sobre implantação de indústrias, e Zé Aldemir disse que Cajazeiras foi discriminada pela industrialização e criticou: “isso acontece porque a gestão não tem competência para trazer empresas” e denunciou ‘doação’ de terrenos do Distrito Industrial e alfinetou: “Infelizmente a indústria que tinha levaram para outro estado”. Gobira também criticou a perda da empresa Mississipi, que deixou ‘400 pessoas’ desempregadas. “Tirou a empresa daqui porque perdeu a campanha”. Denise informou que a empresa gerava 200 emprego e disse que ocorreu porque a prefeitura não pagou o aluguel do prédio que custava R$ 5 mil, e disse que vai instalar uma empresa em Cajazeiras.

Mais

Denise perguntou a Gobira sobre agricultura. Ele respondeu: “A senhora foi um desastre, mas eu conheço a agricultura. A senhora não fez um poço, só se for na propriedade da senhora”. Densise disse que atendeu a Zona Rural com estradas, participou junto com o sindicato rural para construção e cisternas e disse esperar a transposição para as vilas produtivas. “A senhora tem comprar é um martelo pra a máquina. Está vindo de jumento de São Paulo. O agricultor está se sacrificando fazendo empréstimos”, respondeu Gobira.
Saúde
O candidato do PSOL perguntou a Zé Aldemir sobre “150 mortes pelo “zika vírus em Cajazeiras. O candidato do PP disse que até as ruas contribuíra para a proliferação do mosquito, pois estavam esburacadas. “Incompetência e falta responsabilidade com a população. Até consultórios odontológicos que é da especialidade da prefeita foram interditados”, declarou o candidato Zé Aldemir e voltou a se reportar ao consórcio pago pela prefeitura e assegurou que cirurgia plástica não é feita pelo SUS como disse a candidata do PSB.
Zé Aldemir acusou Denise de acabar com o Xamegão e privatizar o carnaval, mas teria depositado R$ 50 mil para a CDL para pagar evento só porque era anão de eleição. Denise não respondeu a pergunta de Zé Aldemir, voltou a dizer que a cirurgia da cunhada dela foi custeado pelo SUS e acusou que o candidato teria atrapalhado sua fala, rebatida por Zé Aldemir que afirmou que esse tipo de cirurgia não é custeada pelo SUS nem por planos de saúde particulares. Denise, na sua resposta as manifestações culturais afirmou que realizou o Xamegão nos quatro anos de gestão e alfinetou o adversário: “Não poderia fazer como seus apoiadores que ficaram devendo as atrações”.

Diario do Sertão