Funcionária do HRC morre possivelmente vítima de envenenamento, corpo foi enviado para o IML de Patos



Informações repassadas para  nossa reportagem dão conta que uma funcionária do HRC identificada como Waldetrudes, deu entrada no Hospital Regional de Sousa a dois dias com suspeita de envenenamento.

Depois que os médicos de Sousa estabilizaram a paciente o próprio filho, pediu para que ela fosse transferida para Cajazeiras por ter familiares e amigos na cidade.

A vítima chegou ao HRC na madrugada dessa quinta-feira (25) por volta de uma hora. As dez horas da manhã o quadro piorou ocorrendo o óbito! Entretanto por haver um olho e o joelho lesionado o médico achou a morte suspeita é por precaução resolveu chamar o delegado de plantão que decidiu enviar o corpo para o o IML de Patos para apurar as causas da morte.

A morte de Tundia como era conhecida deixou familiares e amigos chocadas.