Francisco Sales inicia no próximo domingo seu ministério episcopal como bispo da Diocese de Cajazeiras





Acontece no próximo domingo (04), na Catedral de Nossa Senhora da Piedade, em Cajazeiras, a cerimônia que marcará o início do ministério episcopal de Dom Francisco de Sales como bispo da Diocese.

O momento contará com a presença de vários bispos, padres, diáconos, seminaristas e representações de paróquias da jurisdição.

Uma delegação de Pombal já está confirmada no importante evento onde a autoridade religiosa será apresentada à sua cátedra e à parcela do povo católico reunido para acolhê-lo como mais um bispo diocesano.

De acordo com o padre Ernaldo José de Sousa, da Paróquia de Nossa Senhora do Bom Sucesso, será um evento histórico e marcante, onde a Diocese representada o acolherá afirmando: “Seja bem-vindo aquele que vem em nome do Senhor”.

Frei Francisco de Sales foi eleito bispo em 8 de junho deste ano, pelo Papa Francisco, enquanto exercia a função de secretário-geral da Ordem dos Frades Carmelitas, em Roma. Aos 48 anos de idade, será o oitavo bispo da diocese de Cajazeiras, depois que Dom José González Alonso pediu sua renúncia conforme normas do Código de Direito Canônico, pois havia completado 75 anos.

A frase “Sicut Qui Ministrat”, que em português significa “Como aquele que serve”, é o lema assumido pelo novo bispo. É uma citação tirada do Evangelho de Lucas 22, 27, expressão da atitude fundamental de Jesus.

No dia 14 de agosto, a população de Araripina (PE) recebeu o frade carmelita Frei Francisco de Sales Alencar Batista, quando aconteceu a Ordenação Episcopal em sua terra natal. Evento este acontecido na Paróquia de Nossa Senhora da Conceição.

A ordenação foi presidida pelo arcebispo metropolitano de Maceió, Dom Antônio Muniz Fernandes e concelebrada pelo arcebispo de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido, e pelo bispo emérito de Cajazeiras, Dom José González Alonso.

Histórico:
Dom Francisco de Sales Alencar Batista nasceu em 17 de abril de 1968 em Araripina, no Estado de Pernambuco. Fez a profissão religiosa na Ordem dos Frades Carmelitas em janeiro de 1988 e foi ordenado sacerdote em 29 de novembro de 1995. Estudou Filosofia no Instituto Salesiano de Filosofia (INSAF), em Olinda-PE, e Teologia no The Milltown of Theology and Philosophy, em Dublin (Irlanda). Licenciou-se em Teologia Espiritual no Pontifício Instituto de Espiritualidade Teresianum de Roma.

No decorrer do seu ministério sacerdotal, desempenhou os seguintes cargos: formador dos estudantes de Filosofia; Reitor da Basílica do Carmo em Recife; Pároco; Conselheiro e Prior Provincial da Província Carmelita de Pernambuco; Vice-Prior da Comunidade do Colégio Internacional “Sant’Alberto” em Roma. Atualmente, é Secretário-Geral da sua Ordem em Roma.

Marcelino Neto