Açude “Boqueirão” na cidade de Cajazeiras atinge volume morto e abastecimento é racionado








O açude Engenheiro Avidos, o “Boqueirão de Piranhas”, no município de Cajazeiras, chegou ao seu volume morto, com apenas 7,1% de sua capacidade de água, segundo relatório divulgado pela Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa). A Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) ainda está conseguindo fazer a captação da água, mas acontece de forma racionada, por meio de um sistema de captação flutuante.

O reservatório abastece Cajazeirasa e o distrito e Engenheiro Avidos, mas os moradores reclamam que a qualidade da água já não é satisfatória, está com uma cor verde.

Faltando apenas cinco meses para o prazo de entrega da transposição do Rio São Francisco, estibulado pelo Ministério da Integração Nacional para acontecer em dezembro, o Departamento Nacional de Obras contras as Secas (Dnocs) informou que as reformas nos reservatórios Engenheiro Avidos, São Gonçalo e Poções ainda estão passando por fases de execução de projetos e licitação.

Sobre a reforma no açude Engenheiro Avidos, o chefe do Dnocs em São Gonçalo, Ednardo Alves, afirmou que a empresa de consultoria responsável pelo projeto ainda está fazendo estudos local.

Via ClickPB