Polícia Civil estoura ponto de venda de drogas e apreende arma, drogas




Na tarde desta quinta-feira (21), a Polícia Civil de Sousa recebeu uma ligação anônima informando que no Condomínio Doca Gadelha estaria ocorrendo a venda de drogas em uma residência. Imediatamente os agentes do Grupo Tático Especial (GTE) e da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), sob a coordenação do Dr. Carlos Seabra montaram uma campana no referido bairro.

Em determinado momento, um homem chegou em uma casa em uma motocicleta de cor vermelha e logo em seguida um rapaz desceu com uma sacola. Foi montado um cerco no local e realizado uma abordagem aos dois homens, onde foi encontrado em posse dos mesmos em uma sacola quatro tabletes de maconha de tamanhos diferentes, e duas balanças de precisão.

Francisco das Chagas Macário Alves, mais conhecido por “Garrote” estava em companhia de um menor de 17 anos. Ao ser indagado se o mesmo possuía alguma arma, “Garrote” informou que em sua casa que fica localizada no bairro Alto do Cruzeiro teria uma pistola. Imediatamente os agentes se deslocaram até o local e ao realizar uma minuciosa revista no interior encontrou uma pistola .40 mm.



O menor informou que alguns dias atrás teria praticado assaltos na cidade de Sousa, em um deles teria tomado por assalto uma moto nas proximidades do sítio Lajão e que teria escondido em um matagal no bairro André Gadelha uma moto Honda Fan de cor vermelha, placa QFS 5778. Os policiais civis encontraram a motocicleta abandonada no referido local informado pelo menor.



Na residência de Isis da Silva Rodrigues de 32 anos onde toda a ação policial começou, foi feito uma minuciosa revista em seu interior e encontrado 1,7 KG de maconha. Isis e Francisco das chagas foram presos e o menor foi apreendido sendo encaminhados à Delegacia de Polícia Civil, onde prestaram depoimento ao Dr. Carlos Seabra e ficarão à Disposição da Justiça.

Da Redação, Raphael Neves Com sertão Informado