Lira prorroga em um dia prazo para defesa de Dilma, mas descarta atraso no cronograma da Comissão do Impeachment




Da Paraíba, de onde está desde o último final de semana, o presidente da Comissão do Impeachment do Senado Federal, Senador Raimundo Lira (PMDB-PB), deu mais um dia para que a defesa da presidente afastada Dilma Rousseff apresente as alegações finais.


O prazo venceria nesta quarta (27), mas os advogados de Dilma argumentaram que a suspensão dos serviços do site do Senado Federal para manutenção programada, ocorrida no último fim de semana, teria prejudicado o acesso aos autos do processo.


Lira aceitou parcialmente o pedido da defesa de Dilma Rousseff para prorrogar a entrega das alegações finais e concedeu 24 horas, e não as 48 horas solicitadas. Desse modo, as alegações poderão ser entregues à comissão até o final desta quinta-feira (28).


De acordo com a Agência Senado de Notícias, Raimundo Lira afirmou que, após o pedido de Dilma, conversou com o relator do processo, o senador Antônio Anastasia (PSDB-MG), e decidiu prorrogar o prazo em um dia devido ao problema no site do Senado. Ele disse ainda que o novo prazo não atrasará o cronograma da comissão.


“Dei uma prorrogação de 24 horas para as alegações finais defesa. Mas não vai interferir em nada no cronograma de funcionamento da comissão. Esse prazo vai apenas encurtar 24 horas no tempo disponível para o relator que, inclusive, está no exterior. Já falei com ele, ele concordou comigo. Chegamos à conclusão de que era importante dar esse prazo para que mantivesse o princípio da ampla defesa e evitar qualquer tipo de judicialização”, disse Lira.


A defesa da presidente afastada queria um adiamento de 48 horas, mas Lira argumentou que a indisponibilidade do portal eletrônico do Senado foi anunciada com antecedência. Além disso, ainda segundo o senador do PMDB, o sistema permite que os arquivos sejam baixados para consulta no computador do usuário sem necessidade de acesso à internet e o site voltou ao funcionar antes de dois dias de suspensão.


Diante disso, Raimundo Lira atendeu parcialmente o pedido da defesa e estendeu o prazo para as últimas alegações da defesa nesta fase do processo de impeachment até o final da tarde de quinta-feira (28).


Assessoria de Imprensa

Gabinete do Senador Raimundo Lira – PMDB/PB