Estudantes fazem reivindicação por água em São José de Piranhas



Um grupo de estudantes decidiu realizar uma mobilização pacífica, na manhã desta segunda-feira (18), para reivindicar uma solução urgente para o problema da água na cidade de São José de Piranhas. Com baldes vazios, garrafas pets e cartazes eles interditaram a Rodovia PB-400, na entrada da cidade, por volta de 9h da manhã.

O objetivo da reivindicação é sensibilizar as instituições governamentais para agilizar a implantação de uma adutora de engate rápido da barragem da transposição do Rio São Francisco, na região de Boa Vista, para a cidade de São José de Piranhas.

Além do problema com a escassez água, os moradores também reclamaram da má qualidade do produto que por enquanto ainda está jorrando nas torneiras de forma racionada, embora a Cagepa já tenha explicado que está fazendo o possível para aproveitar o pouco de água suja que no momento ainda resta no açude que abastece a cidade.

Ainda sobre a adutora, no início deste mês o governador Ricardo Coutinho afirmou que está sendo aguardada uma decisão do Tribunal de Contas da União sobre a autorização de créditos extraordinários para inclusão da adutora de São José de Piranhas.


A Câmara de vereadores também tem se empenhado para procurar alternativas junto à Cagepa, Ministério Público, Exército, CDRM e Secretaria de Recursos Hídricos do Estado. Também intermediou uma Audiência Pública, mas a questão depende agora dos governos estadual e federal.

O movimento de hoje intitulado nas redes sociais de “adutora já” tinha o intuito de ganhar adeptos de outros segmentos da população, mas apenas estudantes predominaram em sua grande maioria.

Do Radar Sertanejo