Confira a coluna Faisqueira do Gazeta do Alto Piranhas



Deu no blog do Gordinho: A Polícia Civil e o Ministério Público investigam a ligação do tráfico de drogas com a política no Sertão da Paraíba. Em breve, o “bicho” pega. Mistura explosiva.

Perfil do vice para o governador: “O importante é compreender que nós estamos construindo o vice em função da cidade, não é em função simplesmente de um partido político, de uma circunstância, é pelo respeito que todos os partidos têm para com Cajazeiras e pelo bom senso.

Construção: o governador Ricardo Coutinho, de forma determinada, sentiu necessidade de participar da construção da chapa da situação na cidade de Cajazeiras e pouco a pouco foi conseguindo eliminar os obstáculos e declarou a imprensa sobre o fato: “está bem claro que o nosso inimigo não está dentro” e se não existe inimigo…

Construção: Ao falar sobre “inimigo” não deixou muito claro quem seria, mas ficou evidente que esta construção passaria necessariamente pelo respeito que os partidos coligados devem ter para a cidade de Cajazeiras.

Coligações : Comenta-se a boca miúda que o anúncio do companheiro de chapa da prefeita Denise ainda não foi divulgado porque estaria faltando alguns itens na composição das coligações partidárias para a eleição
de vereador.

Minando os espaços: O deputado estadual José Aldemir, que esteve na “bica” para compor a base aliada do governador Ricardo Coutinho, na Assembléia Legislativa, via Jeová Campos, está vendo os seus redutos eleitorais sendo “minados” e escorregando de suas mãos.

Em baixa: o deputado José Aldemir enquanto cuida da sua pré-candidatura a prefeito de Cajazeiras, vê dois de seus redutos eleitorais serem “invadidos” por Jeová Campos: Joca Claudino e Uiraúna.

Por onde começou: O ex-prefeito Carlos Rafael (PMDB) poderá ser candidato a vereador e reconquistar sua cadeira na Câmara Municipal de Cajazeiras.

Disputa bonita: um observador político de Cajazeiras, ao tomar conhecimento de que Carlos Rafael poderia disputar uma vaga na Câmara, sugeriu, entre amigos, que o vice-prefeito Júnior Araújo, para não ficar sem mandato por dois anos, deveria disputar também uma vaga para a Câmara.

Disputa bonita: E complementou: seria uma “briga” muito bonita entre Carlos Rafael e Júnior Araújo para saber qual dos dois tiraria mais votos em Cajazeiras, além da Casa de Otacílio Jurema ganhar em qualidade, tendo em sua bancada um ex-prefeito e um ex-vice.

Alvo errado: Em Cajazeiras, as oposições vêm batendo em Carlos Antonio na tentativa de atingir a prefeita Denise, mas sem êxito, números de uma pesquisa para consumo interno mostram exatamente o contrário: não cola.

Jornal Gazeta do Alto Piranhas edição desta sexta feira 15/07/2016