Vereadora manda fotos nua que são compartilhadas nas redes sociais



Fotos íntimas da vereadora Zeina Melo (PMDB-AC), de 35 anos, foram divulgadas em grupos de conversa no WhatsApp. O caso ocorreu no município de Jordão, interior do Acre, e a parlamentar diz ter registrado um boletim de ocorrência para que a Polícia Civil investigue. Dois suspeitos foram identificados por Zeina.

O delegado Obetâneo dos Santos, responsável pela delegacia de Tarauacá e também do Jordão, disse que tinha conhecimento do caso pela imprensa e que não pode confirmar se foi registrado o boletim de ocorrência, pois ainda não recebeu a demanda do posto policial da cidade. Mas, se limitou a dizer que se tratava de “um crime complexo”.

Segundo a parlamentar, as fotos estavam no telefone dela e teriam vazado depois que ela deixou o aparelho na casa de amigos para carregar.

Ela diz já ter identificado o autor do vazamento e que informou toda a situação no posto policial da cidade.

“Meu celular estava há mais de 20 dias com o carregador quebrado e deixava na casa de conhecidos para carregar. Um menor me viu colocando minha senha, decorou e destravou o telefone. Ele até comentou na escola que tinha descoberto e tinha entrado. O cunhado dele [também menor] tirou uma foto da foto e espalhou nos grupos de WhatssApp. Na mesma hora eu fui na casa da pessoa, porque já sabia quem era”, relembra Zeina.

De acordo com ela, o adolescente que teria destravado o aparelho negou ter participado da distribuição das fotos, mas confessou ter usado a senha da vereadora para mexer no telefone.

“Mandamos chamar o rapaz e ele disse que tinha apagado as fotos e que ninguém tinha mais acesso. Falei que ele era perigoso e que não tinha noção do que tinha feito. Eu sou uma pessoa pública, de família, sou amiga da família dele e fui exposta dessa forma”, lamenta a vereadora.

‘Toda mulher tem seu lado sensual’
Zeina conta que as fotos eram sensuais e tinha tirado para guardar de lembrança. “Toda mulher tem seu lado sensual. Sou uma mulher e gosto de mim, são coisas minhas e da minha família. Dizia para o meu esposo que quando tivesse 80 anos eu iria olhar e mostrar para os meus netos que eles tinham uma avó bonita”, detalha a parlamentar.

Os dois suspeitos já teriam sido ouvidos pelo delegado e a vereadora quer punição pelo crime. “Quero punição, isso é gravíssimo. Quero que respondam pelos seus atos. Meu esposo ficou chateado porque sempre pedia para que eu apagasse essas fotos e não vigiei. Tem a lei Carolina Dieckmann que é muito severa e inafiançável. Ele vai direto para o presídio”, conclui Zeina.

G1 - Globo