Policia Civil recupera televisores furtados de residência de popular








De acordo com o que apurou a reportagem, a vítima foi identificada como sendo Pedro Inocêncio Lopes, 60 anos, residente à Travessa Vicente de Paula Leite.

O senhor chegou a registrar queixa na Delegacia na manhã desta segunda-feira (20) e a partir de então os agentes sob a orientação do delegado Roberto Barros, passaram a atuar no caso.

Na tarde desta terça-feira (21) conseguiram localizar um dos aparelhos em poder de Joeliton Rovelino Faustino, 21 anos, conhecido pela alcunha de “Estefani”, preso na própria residência.

Ao ser inquirido acabou revelando que as outras duas TVs haviam sido vendidas à terceiros, porém não revelou quem foram os compradores.

Joeliton negou que teria arrombado a casa do senhor Pedro Inocêncio, mas não conseguiu explicar direito à situação.

Para apimentar a história do furto qualificado, autoridades descobriram que ambos mantinham um relacionamento amoroso.

O jovem confirmou que convivia com a vítima desde os 14 anos e que costumava receber presentes e dinheiro, inclusive no caso da televisão.

Como garantia, segundo “Estefani”, para receber o valor estipulado em R$ 800,00 pediu para levar as outras duas, o que teria sido “aceito” por Pedro Inocêncio.

A versão é contestada pela vítima alegando que teve a sua residência arrombada e os objetos subtraídos.

O delegado plantonista, Roberto Barros, ouvirá as partes envolvidas e adotará os procedimentos cabíveis de acordo com o que determina a lei.

Marcelino Neto liberdade PM.