Giovanni Augusto marca, Corinthians supera ferrolho santista e vence terceira seguida



Vindo de duas vitórias seguidas após um começo errático no Campeonato Brasileiro, o Corinthians encontrou dificuldades, mas conseguiu manter o embalo e venceu o clássico contra o Santos.

Contra um adversário jogando basicamente na defesa, o Corinthians contou com gol de Giovanni Augusto nos minutos finais da partida para fazer 1 a 0 e dar a segunda vitória em clássicos para o time de Itaquera em 2016.

Classificação

Com a vitória, o Corinthians chegou a 10 pontos e assumiu, provisoriamente, ao terceiro lugar na tabela, empatado com o Grêmio, que joga nesta quinta-feira. Já o Santos, que perdeu a terceira partida em cinco jogos e soma apenas 4 pontos, fica na 14ª posição.

Ataque contra defesa

O Santos deixou claro, desde a escalação, que a ideia era se defender. Mesmo assim, o primeiro momento de pressão do jogo foi do Santos, numa sequência de lances dentro da área do Corinthians, que contou com uma bela defesa de Walter e um esboço de pedido de pênalti numa bola que desviou em Giovanni Augusto.

Com o meio de campo congestionado, o Corinthians apostou em jogadas pelas laterais nos primeiros 45 minutos. A melhor chance foi aos 11 minutos, na cobrança de falta de Uendel, que levantou a bola na área e Luciano completou de cabeça para a ótima defesa de Vanderlei. Fora isso, susto apenas quando Cristian, aos 5 minutos, arriscou de longe e o goleiro santista quase aceitou.

Ritmo morno

Na segunda etapa Dorival Júnior voltou com Paulinho no lugar de Léo Cittadini, em busca de velocidade para contra-atacar. Mas o ritmo do jogo caiu bastante e as melhores chances ainda foram do Corinthians.

Logo aos 2 minutos, Uendel apareceu como elemento surpresa dentro da área e tentou completar o cruzamento de Giovanni  Augusto, mas Victor Bueno apareceu bem para atrapalhar. Depois, aos 16, David Braz falhou feio e Vilson ficou livre, quase na pequena área, mas bateu no meio do gol, fácil para Vanderlei.

Enfim, o gol!

Sem permitir chances para o Santos, o Corinthians queria pressionar e Tite promoveu mudanças. Marquinhos Gabriel deu lugar a Lucca, Rodriguinho entrou no lugar de Bruno Henrique e Luciano saiu para a entrada de André, mas o cenário não parecia mudar.

Até que, aos 36, Guilherme cruzou pela esquerda, Felipe desviou no primeiro pau, Cristian também usou a cabeça para mandar a bola para a direita e Giovanni Augusto ficou com a bola para completar e fazer o gol da vitória.

Na Sequência

O Corinthians volta a campo no sábado, às 20h30, para enfrentar o Coritiba, mais uma vez em Itaquera. Já o Santos volta a jogar no domingo, na Vila Belmiro, contra o Botafogo, às 11 horas da manhã.