Dilma faz seu primeiro voo em avião comercial e sua popularidade aumenta, obrigado Temer



  A pequenez de Michel Temer evidencia-se a cada decisão. Primeiro ele mandou restringir o acessos ao Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência da República, bloqueando inclusive a entrada de senadores, que denunciaram o absurdo. Depois Temer mandou cortar a alimentação da presidenta e de sua equipe, em seguida restringiu o uso de avião da FAB para os deslocamentos da presidenta, conforme manda a Constituição.

Vamos enxergar as sórdidas atitudes de Temer pelo lado positivo:

Mostrar que a presidenta é vítima de uma armação, o golpe. E colocar Dilma em contato direto com o povo, nos saguões dos aeroportos, por onde ela passar certamente sua popularidade vai aumentar. ‪#‎DilmaNoAeroporto‬

 Nesta quinta-feira (9) a presidenta afastada Dilma Rousseff participa de uma conversa com intelectuais, professores e jornalistas na casa do físico Rogério Cezar de Cerqueira Leite, em Campinas. Entre os que participam do encontro estão Luiz Gonzaga Belluzzo, Márcio Pochmann, João Manuel Cardoso de Mello e o colunista da Folha Marcelo Coelho.
De acordo com a informação publicada pela coluna de Mônica Bérgamo, da Folha de S. Paulo, a reunião estava marcada para esta quarta (8), mas Dilma pediu que adiasse para hoje. O motivo é que o presidente interino Michel Temer só permitiu que ela usasse jatos da FAB para se deslocar de Brasília a Porto Alegre. Esta será o primeira vez que Dilma se desloca em voo comercial.

Na terça-feira (7), o  advogado da presidenta Dilma Rousseff, José Eduardo Cardozo, protocolou no Palácio do Planalto, documento informando o presidente interino Michel Temer sobre viagens da presidenta eleita.

Devido ao indeferimento do uso de aeronave da FAB para deslocamento a Campinas (SP), o advogado comunica que as viagens de Dilma serão feitas por meio terrestre ou aviões de carreira. Cardozo ressaltou ainda que a Presidência em exercício e o Gabinete de Segurança Institucional (GSI) serão responsáveis por quaisquer situações que violem a segurança pessoal da presidenta Dilma ao longo destes deslocamentos.


BRASIL, JUSTIÇA, POLÍTICA