Crianças feridas em acidente com sete mortos no sertão estão na UTI



As duas crianças, de 1 e 2 anos, que ficaram feridas em um acidente que deixou sete pessoas mortas no domingo (12) na BR-230, próximo à entrada da cidade de Cajazeiras, no Sertão da Paraíba, estão na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande. Conforme boletim médico divulgado pela unidade de saúde, o estado de saúde de ambas é gravíssimo e as duas estão entubadas.

Às 6h20 desta segunda-feira (13), o Instituto de Medicina Legal (IML) de Patos informou que os corpos das sete vítimas do acidente ainda estão no local. Um perito relatou que a perícia nos corpos  estavam em andamento e a expectativa é que fosse liberados até as 9h. Ainda não há informações sobre os horários e locais dos velórios.

O acidente
De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal, dois jovens que seguiam em um veículo azul escuro teriam feito uma ultrapassagem indevida e bateram de frente com um veículo de cor grafite, onde seguiam sete passageiros, incluindo três crianças. Os corpos foram encaminhados para o Instituto de Medicina Legal de Patos.

Ainda segundo a PRF, a família que estava no veículo grafite seguia na direção Cajazeiras-Coremas. Entre os passageiros que estavam neste carro, morreram o condutor, de 30 anos, a esposa dele, de 28 anos, o pais dele, de 59 e 54 anos e a criança de três anos. A criança chegou a ser socorrida, mas morreu a caminho do hospital.

Outras duas crianças, de 2 e 1 ano, que seguiam neste veículo ficaram feridas e foram levadas para o Hospital Regional de Cajazeiras, mas depois foram transferidas para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande.

Já no outro veículo, que seguia na direção de Cajazeiras, morreram os dois jovens, um deles de 22 anos e o outro com idade não identificada. A PRF investiga se o veículo azul em que os jovens seguiam estava em alta velocidade.

G1