Cabo da Policial Militar morre após complicações de saúde





Familiares, amigos e colegas de profissão lamentam a morte do Policial Militar Jesus Cabral Sobral, 35 anos, que residia no Conjunto Noé Trajano, em Patos. Ele era cabo da PM lotado no 3º Batalhão de Polícia Militar (3º BPM) desde 2002 e faleceu às 15h00 desta sexta-feira, dia 24, no Hospital Osvaldo Cruz, em Recife (PE).

Sobral, como era mais conhecido, havia realizado um transplante de fígado e se recuperava bem, inclusive praticando exercícios físicos na Academia de Suerdo, no entanto, após algum tempo, começou a ter novas complicações atingindo outros órgãos vitais.

Há alguns dias, Cabral se sentiu mal precisando ser internado por problemas renais e sua morte se deu por falência múltipla dos órgãos. Jesus Cabral era casado com Natália e deixa também duas filhas, Ana Alice e Ana Lívia.

O professor de educação física Suerdo Flaubert publicou em sua rede social profundas lamentações. “Na reta final, lutastes com uma dignidade incomum, enfrentastes as agruras da deterioração física com uma altivez espiritual admirável isto intensifica a saudade, tornando-a ainda mais doída, constringente, sufocante... Apelamos a Deus mais uma vez a devida conformidade e o devido consolo...”, relatou Suerdo.  

O corpo do Policial Militar será velado no Parque da Paz, BR 230, próximo ao Bairro Vila Mariana, em Patos. O horário do sepultamento ainda está sendo planejado pela família que está ainda bastante abalada.




Jozivan Antero – Patosonline.com