Após jogar caixa em estrada , popular descobre feto abandonado pela mãe




Por volta das 11h30 desta segunda-feira (dia 06 de junho), aconteceu um fato pra lá de inusitado em Catolé do Rocha (PB). Moradores de residências localizadas na Rua Manoel Pedro, no centro da cidade, perceberam um mau cheiro, de natureza insuportável, mas que ninguém sabia de onde partia exatamente o forte odor.

Um dos moradores da rua, se queixando que o mau cheiro estava cada vez mais próximo, resolveu fazer uma varredura no quintal de sua casa, e de repente se deparou com um embrulho numa caixa de papelão, de onde estava originando o mau cheiro.

Bastante incomodado, o dono da casa chamou um popular que trabalha num estabelecimento vizinho, para ir até um terreno baldio, aonde iria jogar o tal embrulho.



O homem procurou as margens da estrada que liga a zona urbana de Catolé do Rocha ao Campus IV da UEPB, mais conhecida por ‘Estrada do Cajueiro’, e no momento em que jogou a caixa no matagal, veio a grande surpresa, pois dentro da caixa existia um feto, já praticamente formado.

Desesperado com a cena que viu, o homem chamou a Polícia Militar, que enviou uma viatura até o local e constatou a veracidade do fato.

Os policiais isolaram a área, e acionaram a Polícia Judiciária.

Peritos estiveram no local e em seguida conduziram o feto para o GEMOL de Patos, onde será necropciado.

Policiais da 17ª AISP de Catolé do Rocha estão cuidando do caso, e ainda nesta terça-feira poderemos ter mais detalhes sobre o conteúdo das investigações.




PORTAL CATOLÉ NEWS Todos os créditos das fotos são do Catolé News