Adolescente de 14 anos morre, e causa da morte ainda é um mistério




A jovem Brenda Ellen Damasceno Monteiro, 14 anos, faleceu na madrugada desta terça-feira, dia 28, por volta das 03h00, no Hospital Infantil Noaldo Leite, em Patos. A adolescente se sentiu mal e teve febre no dia de ontem (segunda-feira). Ela tomou doses de dipirona, mas depois a família decidiu levá-la até o hospital, pois a febre não diminuiu e algumas manchas começaram a sair pelo corpo.


 Monsenhor Manuel Vieira (CEPA). Ela é filha de Alexandre Monteiro e Erica Damasceno A adolescente era uma jovem muito querida pelos colegas e também participava de atividades na Igreja de Nossa Senhora da Guia. Brenda tinha mais quatro irmãos, sendo três garotos e uma garota.

De acordo com um tio da adolescente, a garota havia sido acometida por dengue hemorrágica há mais de 7 anos, mas superou a doença e estava tendo uma vida normal, inclusive chegou a ir recentemente para as festividades juninas com amigas e amigos. O tio da garota disse que um médico do Hospital Infantil Noaldo Leite diagnosticou, sem exames, a garota como se estivesse com catapora. Fato questionado pelos familiares.

A causa mortis de Brenda Ellen Damasceno Monteiro está como desconhecida, pois, de acordo com o diretor clínico do Hospital Infantil, os familiares não aceitaram submeter o corpo da adolescente para exames em João Pessoa (PB). A realização dos exames mais complexos pode levar de três a quatro dias para depois se liberar para o sepultamento.

O corpo da adolescente está sendo velado na Rua Felizardo Leite, Centro de Patos, e o sepultamento ocorrerá na tarde desta terça-feira, dia 28, no Cemitério São Miguel, Bairro Belo Horizonte.



Jozivan Antero – Patosonline.com