Falso padre que celebrou vários batismos e casamentos é preso em pousada no centro de Sousa; ação foi realizada pelo GTE. Confira!




O Grupo Tático Especial da Polícia Civil de Sousa, prendeu na noite deste domingo (29) em cumprimento a um mandado de prisão, o falso padre Antônio Artagnan de Lima, conhecido também como Frei Rodrigues e Missionário Artagnan, 40 anos. Ele é natural do Ceará mas atualmente residia em Brasília/DF. O falso religioso, foi preso pelos agentes do Grupo Tático Especial (GTE) em uma pousada na cidade de Sousa, no momento em que o mesmo se preparava para viajar.

De acordo com a polícia civil, contra o falso padre existe um mandado de prisão expedido pela 2ª Vara da Execução Penal de Fortaleza, no Ceará. A prisão se deu após troca de informações entre as polícias dos Estados do Ceará, Brasília e Sousa. Artagnan é acusado de estelionato no estado do Ceará e corrupção de menores no estado do Rio Grande do Norte.


Segundo a delegada Patrícia Forny, Artagnan costumava prestar testemunho nas Igrejas Evangélicas, e afirmava que tinha deixado de ser padre da Igreja Católica e tinha se convertido ao evangelho.
O acusado foi encaminhado a delegacia de Sousa em seguida será levado ao presídio e posteriormente para a capital cearense onde ficará a disposição da justiça.

DIÁRIO DO SERTÃO